INTELIGÊNCIAS MULTIPLAS


Untitled Document
INTELIGÊNCIAS MULTIPLAS

Esse menino sempre foi inteligente, doutor. Falou com 9 meses, andou com 10 meses, aprendeu a ler sozinho, sempre foi o mais esperto da sala. Mexe no computador sozinho. Lê de tudo, dá cada resposta pra gente, que fico boba de ouvir. Sempre foi assim...
Iih, doutor... acho que esse menino não vai passar de ano. Só quer saber de jogar bola. Todo dia só quer saber disso. È o melhor do time. Mas pra estudar e uma preguiça só. Sempre foi mais esperto pra subir nas coisas, correr, brincar, fazer malabarismos. É bem diferente do outro irmão que fica agarrado nos livros...
Que desenhos bonitos! Quantos anos ele tem?! ... Só isso! Não acredito!...

O QUE E INTELIGENCIA – O conceito mais conhecido de inteligência e aquele relacionado com a capacidade de resolver problemas. Dos mais simples aos mais complexos, na grande variedade das conquistas humanas nas diversas áreas do saber. É também a capacidade de criar produtos, materiais ou intelectuais, que sejam aceitos socialmente. É um potencial biológico e psicológico. Isto e, está associada aos nossos desejos, às nossas ações conscientes e inconscientes. Significa escolher entre. É a capacidade pela qual conseguimos conhecer e compreender as coisas por meio de uma seleção e opções que se nos apresenta no dia a dia. TODOS SÃO INTELIGENTES? – Todo ser humano tem suas habilidades para interagir com o meio onde vive. Nossa inteligência não está em um espaço fechado chamado cérebro. Interagimos com o mundo com nosso corpo, nosso ser, em cuja constituição e definição participa a cultura na qual a pessoa está inserida. Pensamos e sentimos como um todo. Ou você já viu um cérebro sozinho andando por aí, se relacionando com outros cérebros? A diversidade das habilidades humanas torna uns diversos dos outros. Não uns mais do que os outros. Mas diversos, com competências diferentes, constituindo seres construtivos da historia humana. Portanto, todos os humanos são seres inteligentes, com potenciais para ir além do que se já se é já, nesse instante.

A INTELIGENCIA E ADQUIRIDA OU HEREDIATARIA ? - Os fatores genéticos estabelecem algum tipo de limite para a expansão da inteligência. No entanto, as pesquisas atuais têm demonstrado que a estimulação, sobretudo durante a infância, pode levar a inteligência a uma expansão mais de duas vezes superior a seus limites inatos. Os pais precisam saber que a inteligência e estimulável e as ações das pessoas e do ambiente sobre as crianças pode ampliar de forma absolutamente maravilhosa o não menos maravilhoso potencial biológico.

UMA OU MAIS INTELIGENCIAS ? – Durante muitos anos a sociedade privilegiou somente dois tipos de habilidades humanas, quais sejam, a capacidade lógica matemática e da linguagem. O famoso teste do QI avaliava essas habilidades, classificando e diferenciando os humanos em números, desprezando inúmeras outras capacidades. Em 1983 um pesquisador americano chamado Howard Gardner, da prestigiada Universidade de Haward, publicou os resultados de sua pesquisa demonstrando que somos portadores de múltiplas inteligências, e que essas podem ser aumentadas se receberem estímulos coerentes e serenos em momentos específicos, e que esses estímulos estão ao alcance de todas as pessoas que se disponham a proporcioná-los.

INTELIGENCIA LINQUISTICA – Ela se expressa de modo marcante no orador, no escritor, no poeta ou no compositor. Eles constroem imagens com palavras e com a linguagem. Existem vários expoentes pelo mundo afora. Guimarães Rosa. Carlos Drumonnd de Andrade. Shakespeare. E tantos outros.

INTELIGENCIA LOGICO MATEMÁTICA – Está associada à competência em desenvolver raciocínios que conduzam a deduções, em construir cadeias causais e lidar com números e símbolos matemáticos. Expressa-se com maior clareza nos engenheiros, nos físicos, nos matemáticos.

INTELIGENCIA ESPACIAL – Está diretamente associada ao sentido da visão, à tendência de perceber as muitas formas dos objetos. É bastante acentuada em todos quantos percebem formas e objetos apresentados em ângulos não usuais e percebem ou imaginam o movimento entre as partes de uma figura. Manifesta-se nos arquitetos, geógrafos, e tantos outros profissionais que conseguem perceber o espaço de uma forma conjunta.
INTELIGENCIA MUSICAL – Está ligada à percepção formal dos sons e à música como forma de compreensão do mundo. Quem a possui de forma destacada literalmente vê o som. Na historia humana são muitos seus expoentes. Beethoven, Mozart, Brahms, Shubert, e tantos outros.

INTELIGENCIA CINESTÉSICO CORPORAL – É muito nítida nos artistas e no atleta que não necessita elaborar raciocínios para execução dos movimentos corporais. Em nosso meio há muitos atletas com essa competência bem desenvolvida. Garrincha. Pelé. Zico. E tantos outros.

INTELIGENCIA NATURALISTA OU BIOLÓGICA – Está ligada à compreensão do ambiente e à paisagem natural. Permite a leitura dos desafios da vida animal e também da afinidade inata dos seres humanos por outras formas de vida. Charles Darwin, o autor da teoria evolucionista da espécie humana, foi um exemplo de desenvolvimento dessa competência.

INTELIGENCIA INTERPESSOAL – Revela-se no poder de bom relacionamento com os outros e na sensibilidade para a identificação das intenções não manifestas desses outros, suas motivações e circunstâncias que os tornam diferentes de todos seres humanos. É bem desenvolvida em professores, terapeutas, e lembram figuras humanas como Gandhi e Martin Luther King.

INTELIGENCIA INTRAPESSOAL – Pode ser sentida por todos quantos vivem bem consigo mesmos e mostram forte auto-estima. É a capacidade que faz de cada um educador de si mesmo, administrando sentimentos, emoções, percebendo e aceitando limitações sem se sentir menos que. É a capacidade que faz descobrir a alegria e felicidade na simplicidade e obviedade do cotidiano, sem se sentir empobrecido.

INTELIGENCIA PICTORICA – A existência dessa inteligência é defendida por um pesquisador brasileiro, pernambucano de Olinda, Nilson Jose Machado. É a capacidade de representação pelo desenho e extrema sensibilidade pela pintura. São pessoas que criam personagens que falam por si mesmo, sem ter necessidade de dizer nenhuma palavra.

CONCLUSÃO – São abundantes os meios pelos quais os pais poderão promover e ampliar as capacidades de seus filhos. O mundo pós-moderno, no qual estamos inseridos, é de uma riqueza de oportunidades que jamais a humanidade possuiu em outras épocas. Um mundo novo nesse campo está em aberto, ainda por ser construído pelas múltiplas inteligências de nossos filhos. Mãos à obra...

Fonte: A Construção do Afeto – Como estimular as múltiplas inteligências de seus filhos – Celso Antunes – Editora Augustus – 1999.